Screen%25252520Shot%252525202021-02-12%2

Parceria

em direito previdenciário

Como funciona?

O objetivo de qualquer parceria deverá ser de crescer junto, com uma relação transparente e sustentável​!

Se você:

  • é advogado(a),

  • gostaria de aumentar o seu faturamento com indicação de clientes de previdenciário,

então, essa parceria pode funcionar para o seu escritório.

O que você terá de fazer?

  • Você apenas terá de indicar o cliente, completando o nosso simples formulário online.

O que nós faremos?

  • Análises;

  • Fechamento do contrato com o cliente em nome do escritório que indicou e o advogado contratado;

  • Trâmites administrativos e judiciais previdenciários realizando os protocolos, pedidos e recursos necessários para o direito do seu cliente da melhor forma possível.

Política de transparência

Nossa política é de transparência total - acompanhe todo o processo, do encaminhamento até o pagamento do honorário.

Ao final, é juntado o contrato de honorários e requerido seu destacamento, assim a garantia de pagamento para todas as partes envolvidas.

Sem exclusividade

Nossa parceria não será exclusiva.

Indique quem você quiser, quando você quiser!

Participação

Você recebe, no mínimo, 20% do sucesso, pela sua indicação. Após recebermos os honorários, a sua participação será paga até ao dia 15 do mês seguinte.

Por quê nos indicar?

+ de 10 anos de experiência em direito previdenciário

Anderson de Tomasi Ribeiro

Graduado em Direito pela Universidade de Caxias do Sul (1999), Pós Graduado em Direito Processual pela Universidade de Caxias do Sul (2002) e em Direito Previdenciário pelo Instituto de Desenvolvimento Cultural (2010).

 

Atualmente é professor visitante de pós graduação latu senso em diversas universidades no Brasil. Sócio e professor do G4 Atualização Previdenciária. Parecerista, colunista e articulista.

 

Consultor Jurídico da Comissão de Seguridade Social da OAB Rio Grande do Sul, Diretor da Comissão de Atuação Judicial do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP) e Vice Presidente da Comissão de Direito Previdenciário do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM).

Serviços que atendemos

Direito previdenciário

Aposentadoria

encaminhamento de benefícios para trabalhadores rurais e urbanos, tanto na esfera administrativa como judicial.

Averbação de tempo rural

segurados que trabalharam na agricultura em regime de economia familiar têm o direito a averbar o tempo a partir dos 12 anos de idade.

Benefícios por incapacidade

auxílios-doença, auxílio-acidente e aposentadorias por invalidez são os benefícios com o maior número de demandas junto ao INSS. Grande parte destes pedidos são indeferidos administrativamente e portanto, recorrer ao judiciário passa a ser a única saída.

Profissionais do setor metal-mecânico

o contato com ruído, óleo, graxas estão entre os principais agentes nocivos que dão direito ao encaminhamento da aposentadoria especial. A utilização de EPI não elide o direito ao benefício.

Revisão de aposentadoria

beneficio administrativo deferido com redução de tempo e valor poderá ser revisto.

Averbação

além do período rural, pode ser contado como tempo de contribuição o período de aluno-aprendiz e de serviço militar.

Profissionais da área da saúde

médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e todos aqueles que trabalham em contato com agente nocivo biológico têm o direito ao encaminhamento da aposentadoria especial ou redução do seu tempo de serviço.

Pensão por morte

o direito a pensão por morte não é apenas do marido ou esposa e filhos, mas também do(a) companheiro(a), pais e irmãos, dependendo do caso.

Direito militar

  • Reintegração e Reforma Militar por acidente ou doença;
     

  • Revisão e melhoria de reforma ao posto superior;
     

  • Isenção de Imposto de Renda por doença grave ou acidente de serviço;
     

  • Seguros Militares – FAM, POUPEX, GBOEX, etc.;
     

  • Pensões Militares;
     

  • Auxílio-Invalidez e demais benefícios;
     

  • Defesa e acompanhamento em Sindicâncias e Processos Administrativos;
     

  • Disciplinares.